Notícias

Presidente da Anoreg/AL é homenageado em sessão solene na ALE

Sessão celebra 40 mil títulos entregues pelo programa de regularização fundiária, Moradia Legal

O presidente Rainey Marinho foi homenageado em sessão solene na Assembleia Legislativa de Alagoas, nesta segunda-feira (09/12), em comemoração aos 40 mil títulos entregues pelo programa de regularização fundiária, Moradia Legal.

“Ao longo dos anos a anoreg alagoas vêm desempenhando um papel social junto ao tribunal de justiça do estado de alagoas de grande relevância. São longos anos levando aos mais distantes rincões de nosso estado a cidadania sob a forma de um papel registrado em cartórios e dotado de fé pública. Mas, erra quem pensa que esse simples papel, frágil em sua essência, não traduz os mais importantes sentimentos da humanidade. Nele está presente, a união entre entes governamentais e sociais, nele está presente a dignidade de possuir o imóvel que tanto nossa população luta para obter com o suor de seu trabalho, de sua labuta; nele reside a fé que nosso Brasil pode alcançar dias melhores quando todos envolvidos em um programa como esse saem de sua zona de conforto e vão em direção aos mais carentes.

Nós que fazemos a anoreg agradecemos a oportunidade de juntos ao Tribunal, Prefeitura e todos atores envolvidos celebrar hoje em um período tão inspirador como o advento, o verdadeiro natal, da partilha, do trabalho e da doação a outros irmãos”, agradeceu o presidente da Anoreg/AL”.

Outras autoridades que contribuem para a realização do programa Moradia Legal também foram homenageadas, entre elas o presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, Tutmés Airan de Albuquerque, os desembargadores José Carlos Malta Marques, Kléver Rêgo Loureiro, Celyrio Adamastor, o presidente da ALE Marcelo Victor, o deputado estadual Inácio Loiola, e o presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), Hugo Wanderley.

Durante seu discurso, Tutmés Airan destacou a imprescindível participação da Anoreg no projeto de regularização fundiária. “Sem a Anoreg esse programa não seria possível. O Rainey é um parceiro de primeira hora, que sempre está disposto a nos auxiliar em qualquer projeto social que seja desenvolvido pelo judiciário”, reforçou, acrescentando ainda:

“Rainey deslocou seu cartório para a igreja Batista do Pinheiro para conseguirmos viabilizar os títulos daquelas pessoas que passam por uma tragédia”, afirmou referindo-se ao projeto Posse Legal que regularizou a posse de moradores do bairro do Pinheiro de forma emergencial.