Notícias, Sem Categoria

Representantes de serventias extrajudiciais se reúnem com Corregedor Fernando Tourinho

Representantes de mais de 200 serventias extrajudiciais de todo estado estiveram reunidos com o Corregedor geral de Justiça do Estado de Alagoas, desembargador Fernando Tourinho, nesta quinta-feira (12/06). Entre os assuntos discutidos durante o encontro, o destaque foi a implantação do Selo Digital que tem o objetivo de aperfeiçoar a tecnologia que será implantada em todos os cartórios extrajudiciais do Estado.

Para o presidente da Associação dos Notários e Registradores de Alagoas (Anoreg/AL), Rainey Marinho, o encontro foi extremamente salutar. “Tivemos a oportunidade de nos reunir, vieram colegas de todo estado. Podemos conversar sobre demandas e vitórias da categoria, além de tirar todas as dúvidas sobre a implantação do Selo Digital. Estamos evoluindo, e a parte digital traz mais segurança, tanto para o próprio cartório quanto para a população que utiliza esse serviço. Os cartórios estão prontos a colaborar com o Poder Judiciário. E temos certeza que com esse serviço vamos melhorar o atendimento à população”, avaliou.

As instruções técnicas sobre a ferramenta foram passadas pelo servidor Jonathan Sousa Araújo durante o evento. Onde os cartorários também puderam contribuir tirando dúvidas e apresentando sugestões de possíveis mudanças no sistema. “Foi feita uma demonstração do novo sistema. Nós estamos migrando do suporte papel para o suporte digital. Então é preciso que haja uma adequação. Foi uma reunião inicial, mas depois serão feitos treinamentos a medida que as implementações forem sendo concretizadas”, afirmou a juíza auxiliar da Corregedoria Geral de Justiça de Alagoas (CGJ/AL), Lorena Sotto-Mayor.

O corregedor geral de Justiça afirmou que a expectativa é que até o final do ano o Selo Digital seja implantado em todo estado. “Nossa prioridade da gestão está focada em melhorar os serviços prestados à população. Mas, diante da realidade do estado de Alagoas, elegemos o Selo Digital – que já é uma realidade -, e esperamos implementá-lo em todo estado até o final do ano, além do Código de Normas, que vai estabelecer a conduta dos vários segmentos do extrajudicial, bem como a realização de cursos para qualificá-los. Tudo isso para que a gente atenda melhor a sociedade alagoana”, pontuou.

Os procedimentos de implantação do Selo Digital são realizados por representantes da Diretoria Adjunta de Tecnologia da Informação (Diati) do Tribunal de Justiça. As informações emitidas pelos cartórios são validadas pelo Judiciário alagoano, que garante transparência pela possibilidade de acesso aos dados do serviço adquirido com a leitura do QR Code através de smartphone.

Quatro unidades cartoriais integram o projeto-piloto de implantação do Selo Digital, o Ofício de Registro Civil das Pessoas Naturais – 4º Distrito de Floriano Peixoto, em Ipioca, o 1º Ofício de Registro de Imóveis e Hipotecas, o 1º Tabelionato de Notas e Protestos e o Ofício de Registro Civil das Pessoas Naturais – 1º Distrito.

Na oportunidade, Rainey Marinho, destacou, ainda, a importância dos pequenos cartórios, do interior do Estado. “Não podemos pensar apenas nos grandes cartórios. Temos que voltar nossa atenção também para os pequenos cartórios, do interior do estado, que demonstram toda nossa capilaridade. E fazem um importantíssimo papel junto à população alagoana”, destacou.