Notícias, Sem Categoria

Anoreg/AL faz retrospectiva de ações em 2018

O ano de 2018 chega ao final, e os que fazem a Associação dos Notários e Registradores de Alagoas (Anoreg/AL), estão com o sentimento de dever cumprido.

Participamos de ações sociais, em parceria com as unidades O ano de 2018 chega ao final, e os que fazem a Associação dos Notários e Registradores de Alagoas (Anoreg/AL), estão com o sentimento de dever cumprido.

Participamos de ações sociais, em parceria com as unidades cartoriais de todo estado, onde procuramos divulgar campanhas preventivas como o “Janeiro Branco”, “Outubro Rosa” e “Novembro Azul” que alertam para a prevenção de doenças graves que acometem a população brasileira.

Esse também foi um ano de aprendizado, onde através de cursos com palestrantes experientes, procuramos levar mais conhecimento aos funcionários de cartórios. Em um desses momentos trouxemos para Alagoas o renomado professor Zeno Veloso que abordou “A filiação socioafetiva e o papel dos notários e registradores” para mais de 100 pessoas. 

“Mudança de nome e gênero” e “procuração pública” também foram temáticas abordadas em capacitações promovidas pela Anoreg, na Sala de Treinamento Cartorárias de Alagoas” – nome em homenagem às mulheres que representam o segmento em Alagoas. 

Foi em 2018 que Anoreg/AL fez a entrega oficial do certificado de personalidade jurídica ao Conselho da Comunidade de Maceió. Com o documento, a entidade que apoia às ações da Vara de Execução Penal dentro do Sistema Prisional poderá ampliar suas atividades e estabelecer convênios e parcerias para a ressocialização de detentos. Documento que permitiu muitas oportunidades, como convênios e parcerias afim de realizar a projetos envolvendo os reeducandos, procurando dar a eles dignidade e reinseri-los na sociedade.

Em 2018, a entidade também inaugurou uma nova sede, mais ampla e bonita, para receber e acomodar a todos os que integram a Anoreg/AL.

Com esse feito, alguns móveis que ficaram sem utilidade, e estavam em bom estado, foram doados para o 5º Batalhão da Polícia Militar de Alagoas e o Batalhão da Polícia de Guardas. Móveis que foram distribuídos nas sessões administrativas das duas unidades policiais. 

A Anoreg/AL também contribuiu de forma direta com os Registradores civis, fazendo a doação de 50 mil exemplares de papéis de segurança exigido para emissão de certidões padronizadas nos cartórios de Registro Civil, que foram distribuídos através da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais de Alagoas (Arpen-AL), às unidades. 

Foi neste ano também que uma verdadeira caravana levou 52 cartorários alagoanos para o IX Fórum de Integração Jurídica que aconteceu em Recife/PE, incentivo da Anoreg/AL que organizou um ônibus para levar os interessados ao evento.

Com o objetivo de proteger o meio ambiente, a Anoreg/AL firmou parceria com o Ministério Público Estadual de Alagoas (MPE/AL), no projeto Pró-reservas, que visa a proteção dos dois biomas de Alagoas: a Caatinga (um dos mais ameaçados, menos estudados e menos protegidos do país) e a Mata atlântica.

Em 2018, Alagoas também fez história no Prêmio de Qualidade Total Anoreg-BR 2018, levando premiação na categoria ouro do PQTA Anoreg Brasil 2018. Conquista do 2º Ofício de Registro de Títulos e Documentos de Maceió, durante o XX Congresso Brasileiro de Direito Notarial e de Registro, em São Paulo.

O objetivo da premiação é incentivar o aprimoramento da qualidade de gestão das unidades cartorárias e premiar os serviços notariais e de registro, que atendam aos requisitos de excelência e qualidade na gestão organizacional da serventia e na prestação de serviços aos usuários.

Neste ano o Moradia Legal, projeto de regularização fundiária do Poder Judiciário de Alagoas e a Anoreg/AL, continuou a distribuir cidadania, através de títulos de propriedade a famílias de baixa renda que têm a posse de seus imóveis, mas que não eram donas de fato e de direito das suas residências.

Foram 4347 imóveis regularizados ao longo do ano, nos municípios de Jaramatia (150), São Miguel dos Campos (450), São José da Lage (625), Capela (150), Cacimbinhas (260), Palmeira dos Índios (1.300), Ibateguara (425), Teotonio Vilela (780) e São Luiz do Quitunde (207). Projeto realizado graças ao empenho dos cartórios no interior do estado. 

Foi um ano de muita luta e também conquistas para o segmento. Onde procuramos fazer a nossa parte da melhor forma possível. 

E com a esperança de um ano novo ainda melhor, desejamos a todos um Feliz 2019.