Notícias

18/11/16

Anoreg/AL conquista “Certificado Bronze” no Prêmio de Responsabilidade Socioambiental RARES

Premiação foi realizada durante o XVIII Congresso Brasileiro de Direito Notarial e de Registro, em Maceió/AL

premiação RARESCom a “Campanha Atitude Verde”, a Associação dos Notários e Registradores de Alagoas (ANOREG/AL) foi a terceira colocada, durante premiação nacional da Rede Ambiental e de Responsabilidade Social (RARES). O evento que aconteceu na noite desta quinta-feira (17) faz parte da programação do XVIII Congresso Brasileiro de Direito Notarial e de Registro, que acontece em Maceió/AL, e teve o objetivo de premiar os melhores projetos de responsabilidade socioambiental desenvolvidos por cartórios no país.

Ainda na categoria “Instituição” foram premiados a Associação dos Registradores Imobiliários de São Paulo – ARISP com o projeto “Sistema de Gestão Ambiental nos 316 Cartórios de Registro de Imóveis do Estado de São Paulo”, em segundo lugar, e a ação social “A Casa é Nossa”, do Instituto Novo Brasil pelo Carimbo Solidário, foi grande vencedora na categoria.

Já na categoria “Cartórios”, os projetos mais reverenciados pela comissão da RARES em 2016, foram: em primeiro lugar, com o certificado ouro, o Cartório do 1º Ofício de Notas e Protesto de Brasília/DF (Cartório JK), com o projeto “Abrigo Bezerra de Menezes”; em seguida na segunda colocação a “Campanha pela Vida, Contra a Dengue”, do Cartório do 1º Serviço Notarial e Registral de Cuiabá/MT, foi premiada com o certificado prata. É o Cartório do 3º Ofício de Notas de Teresina/PI, conquistou a terceira colocação com o projeto “Alegria e Solidariedade”.

Durante o evento, o presidente da RARES, que também preside a Associação de Notários e Registradores do Brasil (Anoreg/BR), Rogério Portugal Bacellar, destacou a importância social do projeto e citou algumas ações já desenvolvidas pela classe notarial. “Criamos a RARES para que ela coordenasse o trabalho social da categoria em todo país, e que tivéssemos o reconhecimento da sociedade. Hoje colhemos esses frutos”, afirmou Bacellar, citando alguns dos projetos como a “Campanha de Agasalho”, “Campanha dos Cobertores” e “Campanha de Alimentos”, além de programas de regularização fundiária gratuitos, que ajudaram a milhares de pessoas carentes de várias localidades do país.

Integração e homenagens

Ainda durante o evento, o presidente da Anoreg/AL, Rainey Marinho, e a diretora da RARES, Sônia Maria Andrade, de forma bem descontraída, falaram sobre o tema responsabilidade social. “Responsabilidade social significa agir de forma ética e correta, tanto em sociedade quanto em relação ao meio ambiente, colocou Rainey Marinho.

Sônia Andrade completou o discurdiscurso_homenagemso, pedindo o envolvimento dos colegas notários e registrados nas causas sociais. “Vamos nos envolver nas questões sociais; ter novas ideias e partilhas das que já existem”, disse.

A dupla também fez uma bela homenagem ao presidente Rogério Bacellar pela criação da RARES e atuação nos últimos quinze anos à frente da Anoreg/BR. “A Anoreg existe há vinte e três anos, mas você, Rogerio, trouxe o coração. Você criou a RARES, que pensa nos menos favorecidos”, afirmou Sônia Andrade.

Rainey Marinho agradeceu a Rogerio Bacellar pela dedicação dispensada à categoria. “Dezenas de presidentes vão passar pela Anoreg, mas seu legado permanecerá intacto e para sempre. Você fez história”.

Bons exemplos

Durante o evento, os presentes também assistiram a um vídeo que apresentou alguns programas sociais desenvolvidos pela RARES em todo país. O pequeno documentário mostrou, ainda, exemplos de ações sociais que podem ser desenvolvidas por outros notários e registradores em suas unidades cartoriais.

caneca campanha 02“Campanha Atitude Verde”

A ação visa estimular a consciência ambiental entre os 242 associados de Alagoas. A entidade de classe confeccionou canecas com a marca da Campanha, que são destinadas para as unidades cartorárias. Cada cartório que adquirir as canecas também doa dois quilos de alimento, para serem entregues a instituições de caridade do estado.